O SINTESPO informa que já estão sendo repassados os recursos de duas ações judiciais feitas em favor dos servidores contra o Estado e a UEPG. Tratam-se das relativas à cobrança indevida descontada do funcionalismo público para o Paranaprevidência, que ficou conhecida como Ação 10%-14%, e as ações sobre a diferença do adicional de insalubridade.

“Todos que entraram com ações através do SINTESPO estão recebendo. Qualquer dos nossos filiados, assim como o servidor que ainda não é associado ao SINTESPO, que ainda não obteve os recursos, deve procurar a assessoria jurídica do sindicato para se informar dos procedimentos a serem tomados para o recebimento”, disse o assessor jurídico, Fábio Cordeiro.

ATENÇÃO PARA OS PRAZOS

Cordeiro também informa para os servidores que não entraram com as ações que ainda é possível fazê-lo, mas que o prazo está se esgotando. “É urgente que quem tem direito a esses recursos, procure o sindicato, pois o tempo que ainda resta para procurar a Justiça nesses casos é curto”, avisa.

VANTAGENS DA SINDICALIZAÇÃO

O assessor jurídico do SINTESPO também chama a atenção para os benefícios relativos ao cálculo do pagamento para os servidores que optam pela sindicalização . “Um servidor que procura a Justiça por conta própria tem custos mais elevados, como taxas de honorários advocatícios mais altas, custas judiciais e remuneração do contador que faz as planilhas para cálculo do pagamento. Nesse sentido, os filiados ao SINTESPO que ajuizarem essas execuções pelo sindicato, conseguem benefícios de abatimentos até superiores a 50% de todas as despesas. Destaca-se tal informação pelo fato de que alguns servidores informaram ao SINTESPO que nessas execuções existem advogados que estão cobrando as custas do contador responsável pelas planilhas, honorários advocatícios em valores superiores e algumas custas processuais, onde frisa-se, tais procedimentos não são do SINTESPO e nem de seu Assessor Jurídico, pois eventual informação ou mesmo solicitação parte destes; além do fato que o SINTESPO não cobra de seus filiados pelos cálculos das planilhas feitas pelo contador”.

O presidente do SINTESPO, Plauto Coelho, também faz um chamamento a todos os servidores para que façam parte do sindicato. “Estamos em um período muito difícil para o trabalhador, especialmente para o funcionalismo público. Por isso é preciso fortalecer o sindicato e trabalhar em conjunto, pois as forças políticas que estão contra nós são muito fortes. Além disso, há mais segurança ao servidor que é sindicalizado e custos menores nos casos de ações judiciais. Ou seja, vale a pena ser sindicalizado”.

Comentários

Conte nos que você achou!