Uma carta assinada por todos os reitores das universidades estaduais do Paraná aponta que o projeto de lei complementar 19, que dá amplos poderes ao governador para destruir a carreira das servidoras e servidores públicos, prejudica o desenvolvimento do Estado.

Na visão dos reitores que fazem parte da Associação Paranaense das Instituições de Ensino Superior Público (Apiesp) o projeto “é um atentado contra a autonomia universitária”, prejudica “formação de quadros humanos qualificados”, afeta a “recompensa ao mérito” e “produz uma concentração ainda maior de investimentos na capital em detrimento do desenvolvimento do Paraná como um todo”.

Leia a carta na íntegra:

Comentários

Conte nos que você achou!