A direção do SINTESPO estuda a elaboração de ações judiciais, nos próximos dias, para garantir os direitos de carreira dos servidores da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) que foram prejudicados por ações do governo Ratinho Jr.

De acordo com o assessor jurídico do Sindicato, Fábio Cordeiro, “estamos verificando a viabilidade da confecção de ações judiciais para preservar os direitos dos filiados no que diz respeito a licenças prêmio adquiridas e não gozadas (para que possam receber os valores correspondentes), a ascensão e progressão de carreira, quinquênio, dentre outros direitos que foram comprometidos com o decreto assinado pelo Governo do Estado no ano de 2020. Para tanto, é necessário que os filiados mantenham atualizados seus dados e regularizada sua situação para com o SINTESPO, bem como, que entrem em contato para informar de seu interesse nestas ações”.

Os interessados devem enviar mensagens pelo aplicativo de conversas whatsapp nos números (42) 99923-0628, que é o contato do setor jurídico ou no (42 9872-0046), da diretoria do SINTESPO.

FILIE-SE AO SINTESPO

Comentários

Conte nos que você achou!