Antes do mundo ser atingido pela pandemia de covid-19, o SINTESPO estava em plena expansão de suas atividades, interagindo mais amplamente com seus sindicalizados e com a comunidade universitária, além de promover atividades que se estendiam a toda população de Ponta Grossa.

A lembrança de hoje é do Curso de panetone e pão de mel destinado a migrantes oferecido pela Cáritas Diocesana em parceria com o SINTESPO. O curso fez parte do projeto de Economia Solidária Descobrindo Talentos, mantido com recursos oriundos das doações de notas fiscais sem CPF do programa “Nota Paraná”. A ação tem por objetivo estimular o desenvolvimento integral e sustentável nas comunidades.

“Para nós, da diretoria do SINTESPO, a pandemia interrompeu grandes sonhos que temos para o sindicato, para a UEPG e para Ponta Grossa. Mas com fé e força vamos vencer esse momento triste pelo qual estamos passando e assim que a pandemia for embora, voltaremos com ânimo redobrado. Até lá, use máscara, se proteja com álcool em gel e se for possível, mantenha o isolamento social ficando em casa e cuidando de sua família. Estamos no pior momento da pandemia. Cuidem-se”, diz o presidente do SINTESPO, Plauto Coelho.

Comentários

Conte nos que você achou!