Representantes da Pró-Reitoria de Recursos Humanos e do SINTESPO se reuniram na manhã desta quarta-feira, 03, para discutir sobre procedimentos de prevenção à pandemia no âmbito dos campi da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).

De acordo com o diretor de Qualidade de Vida no Trabalho/PRORH, Jeverson Machado do Nascimento, o Ministério Público orientou a Reitoria para que os procedimentos para recepção nos campi incluam a aferição de temperatura corporal.

A portaria versando sobre o assunto deve ser publicada nos próximos dias detalhando os procedimentos aos servidores. “A medição de temperatura envolve vários aspectos, desde o treinamento dos servidores para trabalhar com os equipamentos, até instruções sobre abordagem e encaminhamento de casos em que sejam detectadas alterações de temperatura. O SINTESPO vai acompanhar esse processo para que a segurança dos agentes seja resguardada assim como seus direitos”, disse o presidente Plauto Coelho.

A direção do SINTESPO salienta que o sindicato está atuando de maneira colaborativa para que todos os cuidados para prevenção da comunidade universitária contra a covid-19 sejam realizados.

Comentários

Conte nos que você achou!