O Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima que para cada ano do triênio 2020/2022, sejam diagnosticados 16.590 novos casos de câncer de colo do útero no Brasil, com um risco estimado de 15,43 casos a cada 100 mil mulheres.

Foi pensando nisso que o SINTESPO vai promover no próximo dia 6 de março o bate-papo “Mulher, cuidar de sua saúde é um gesto de amor à vida”, com a mestre em ciências farmacêuticas, Ednéia Peres Machado. O evento começa às 16 horas, na sede do sindicato, à Rua Teixeira Mendes, 1742, próximo à entrada do Colégio Agrícola, em Uvaranas. A participação é livre e sem custos.

Ednéia possui graduação em Farmácia e Bioquímica pela Universidade Estadual de Ponta Grossa e mestrado em Ciências Farmacêuticas pela Universidade Federal do Paraná. Atualmente é professora assistente da Universidade Estadual de Ponta Grossa. Tem experiência na área de Farmácia, com ênfase em Análises Clínicas, atuando principalmente nos seguintes temas: citologia de líquidos biológicos, citopatologia cérvico vaginal e controle de qualidade em análises clínicas.

Sobre o câncer de colo de útero

O bate-papo vai tratar sobre prevenção e tratamento da doença. A forma mais comum do desenvolvimento de um câncer do colo de útero é a partir de alterações pré-cancerígenas. Existem duas maneiras de impedir o desenvolvimento da doença: a primeira é diagnosticar e tratar as lesões pré-cancerígenas antes que se tornem malignas, e a segunda é prevenir as condições pré-cancerígenas.

Segundo a professora Ednéia “o causador do câncer do colo de útero é o vírus HPV. De fato, é o único câncer de que se tem a certeza sobre o agente causador”, diz, reafirmando o convite a toda comunidade a participar do bate-papo.

Esse e outros assuntos relacionados ao câncer de colo de útero serão tratados durante o encontro.

Comentários

Conte nos que você achou!