Durante o feriado da Páscoa, diretores do SINTESPO visitaram acampamentos do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) para levar mantimentos, doces e presentes para fazer a Páscoa das crianças. Os produtos foram adquiridos através da doação pessoal dos diretores, familiares e amigos.

Foram contemplados acampamentos das cidades de Castro e Ponta Grossa, fazendo a alegria das crianças que vivem juntamente com seus pais nestas áreas. “O MST é um movimento de trabalhadores que luta pelo direito de cultivar a terra e produzir alimentos para seu próprio sustento e para a população brasileira. Sabemos das dificuldades pelas quais esses trabalhadores passam e nos organizamos para levar um pouco da nossa contribuição para as crianças”, disse o presidente do SINTESPO, Plauto Coelho.

Além da ação da Páscoa, a direção do SINTESPO estão estudando uma parceria com os acampamentos e assentamentos do MST para disponibilizar aos associados do sindicato a opção da compra de alimentos saudáveis livres de agrotóxicos produzidos pelo movimento. “O MST é um dos maiores produtores de alimentos orgânicos e agroecológicos do Brasil. Tudo que produzem é ecologicamente sustentável. Por esse motivo, vamos procurar oferecer uma maneira para que nossos sindicalizados, e para a comunidade universitária da UEPG, adquiram esses produtos. Além de colaborar com o movimento da luta pela terra, as pessoas poderão ter uma vida mais saudável”, disse o diretor de carreira docente, professor Edson Armando Silva.

“Quando você conhece de perto o trabalho dos agricultores, fica sabendo do cuidado que eles têm com a terra e do esforço que fazem para dar uma vida digna para suas famílias. Foram momentos gratificantes e podemos ajudar de alguma forma”, disse o secretário geral do SINTESPO, José Luiz Rocha.

Confira algumas fotos

 

 

Comentários

Conte nos que você achou!