As diretorias do SINTESPO e do SINDUEPG, os dois sindicatos que representam servidores da Universidade Estadual de Ponta Grossa, se reuniram para planejar ações conjuntas tendo em vista a defesa do funcionalismo público estadual.

Uma série de ações dos governos que resultaram em prejuízos aos trabalhadores preocupa os dirigentes sindicais e aponta para um momento de união em torno de objetivos em comum. Na opinião do presidente do SINTESPO, Plauto Coelho, a soma de forças com todas as instituições que lutam em favor dos servidores é importante. “Participamos do Fórum das Entidades Sindicais (FES) no âmbito estadual atuando em conjunto com diversos sindicatos. Entendemos que unidos podemos fazer um trabalho mais amplo, com resultados melhores, por isso acredito que a união dos dois sindicatos da UEPG é tão importante”, disse.

Para o presidente do SINDUEPG, Marcelo Ferracioli, “Ambos sindicatos se mostram interessados em lutar em torno de pautas em comum, sendo as duas principais a data base, com servidores sem reajuste desde 2015 e a luta contra a reforma da previdência proposta pelo governo federal. São temas que afetam não apenas a comunidade universitária, mas a sociedade como um todo, por isso nosso compromisso é somar forças. O contexto político nacional exige que a gente construa a unidade dando ênfase no que temos em comum”.

Participaram da reunião também o vice-presidente do SINTESPO, Roberto Rodrigues e os diretores do SINDUEPG, Arcelio Benetoli e Carina Darcoleto.

Comentários

Conte nos que você achou!